Poemas e Poesias

Poema: Amém - Cecília Meireles

16.1.15



Hoje acabou-se-me a palavra,
e nenhuma lágrima vem.
Ai, se a vida se me acabara
também!

A profusão do mundo, imensa,
tem tudo, tudo - e nada tem.
Onde repousar a cabeça?
No além?

Fala-se com os homens, com os santos,
consigo, com Deus... E ninguém
entende o que se está contando
e a quem...

Mas terra e sol, luas e estrelas
griram de tal maneira bem
que a alma desanima de queixas.
Amém.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Adorei esse poema <3 http://thaienedasilva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que lindo!
    Amo poemas.. 😍😍
    www.deboraazevedoblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu também amoo
    Muito lindo seu blog , Debora :)

    ResponderExcluir

SUBSCRIBE

Like us on Facebook